resenha do filme Se Eu Fosse Você 2

um desapontamento depois de seu predecessor bobo mas encantador

Uns anos depois do primeiro filme (e se você ainda não assistiu ao primeiro filme, bom, se eu fosse você, iria assistir aquele primeiro que foi muito melhor), a relação entre o casal (Helena e Claudio) tem deteriorado de novo até a decisão de se separar. Depois de uma discussão barulhenta sobre a divisão dos bens, Claudio e Helena… trocam de corpos de novo [surpresa!]. Varias situações cômicas seguem: Helena – no corpo de Claudio – participa num jogo de futebol e tem medo da bola; Claudio – no corpo de Helena – “ajuda” a planejar o casamento de sua filha.

No primeiro filme, além das cenas cômicas (que foram muito mais cômicas que as cenas neste filme), observamos a reconciliação gradual do casal, como os dois chegaram a apreciar o um para o outro de novo. Neste filme, quase não observamos nada da relação mesma. Só temos as cenas cômicas e depois, alguns mal-entendidos ficam aclarados e o casal fica enamorado justo a tempo para uma cena de dança coreografada no casamento da filha. Também fiquei desapontado que este filme se rebaixou para fazer varias piadas da homosexualidade potencial de Helena no corpo de Claudio, enquanto o filme anterior evitou esse humor por completo. Não vale assistir: fica com o primeiro.

Nota sobre o conteúdo: Este filme tem classificação 10 no Brasil embora fale do sexo e da gravidez entre adolescentes. Não ocorre o sexo no filme mesmo mas o casal transa fora da tela. Nada forte.

Advertisements

2 thoughts on “resenha do filme Se Eu Fosse Você 2”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s